Coordenação

JOAQUIM CARDADOR DOS SANTOS

Presidente do Conselho de Administração

 

MIRIEME FERREIRA

Coordenadora Técnica

VER MAIS
Ler + Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis
Ler + Coordenação
Ler + Rede de Cidades Saudáveis da OMS

Organograma
Órgão deliberativo, constituído por todos os associados. Integram, atualmente, a mesa da assembleia os municípios de Viana do Castelo, Odivelas e Miranda do Corvo.
Composto por um técnico de cada município associado.
Órgão executivo composto por cinco municípios eleitos pela assembleia intermunicipal. Actualmente composto pelo Seixal, Lisboa, Montijo, Oeiras e Palmela.
Estatutos

A Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis rege-se pelos estatutos publicados no Diário da República – III Série (N.º 5/98 de 7 de janeiro de 1998). Estes estatutos sofreram alterações em escritura a dezembro de 2015, incluindo a alteração da designação da Associação.

DOWNLOAD DOS ESTATUTOS

Parcerias

Porque trabalhar em rede significa, entre outras coisas, potenciar as parcerias existentes, a Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis consolida-se no alargado leque de parceiros locais e (...)
VER MAIS
Alguns membros RPCS


VER MAIS



"UMA CIDADE SAUDÁVEL É AQUELA QUE ESTÁ CONTINUAMENTE A CRIAR E A DESENVOLVER OS SEUS AMBIENTES FÍSICO E SOCIAL, E A EXPANDIR OS RECURSOS COMUNITÁRIOS QUE PERMITEM ÀS PESSOAS APOIAREM-SE MUTUAMENTE NAS VÁRIAS DIMENSÕES DA SUA VIDA E NO DESENVOLVIMENTO DO SEU POTENCIAL MÁXIMO."


GOLDSTEIN E KICKBUSCH (1996)

ÚLTIMOS PROJETOS

Penafiel
"Juntos Vamos Vencer"

O QUE É/O QUE FAZ?

O plano, divide-se em 3 partes. Uma primeira refere-se às medidas de prevenção e contenção do vírus, permanentes, a segunda parte constituída pelas medidas e ações de apoio às famílias penafidelenses em situação de vulnerabilidade ou agravadas pela situação de pandemia, e uma terceira parte integra um conjunto de medidas que pretendem dar resposta ao impacto do covid-19 na economia local. Com inicío em 2020.

 

A QUEM SE DESTINA?

População em geral.

 

PERIODICIDADE

Todo o ano.

 

QUE RESULTADOS ESPERAM SER ATINGIDOS?

Proporcionar melhores cuidados às famílias mais vulneráveis e empresas do concelho de Penafiel, assim como proteger e prevenir a propagação do vírus.

 

QUAIS AS PARCERIAS?

Câmara Municipal de Penafiel, IPSS´s, Juntas de Freguesia, Penafiel Verde, CTT, Associação Empresarial de Penafiel.

 

QUAIS OS CONTACTOS DE REFERÊNCIA?

Câmara Municipal de Penafiel

T: 255 710 700

S: https://www.cm-penafiel.pt/penafiel-avanca-de-imediato-com-25-medidas-de-apoio-a-familias-e-empresas/

Penafiel
Dia do Cuidador

O QUE É/O QUE FAZ?

Atenta à temática dos Cuidadores, como forma de assinalar o Dia do Cuidador, o Município de Penafiel, realizou uma sessão de esclarecimento via Zoom, dirigida aos técnicos da área social do concelho, no que se refere ao conjunto de normas que regula os direitos e deveres do cuidador e da pessoa cuidada e que estabelece as respetivas medidas de apoio ao novo Estatuto do Cuidador Informal, aprovado pela Lei n.º 100/2019, de 6 de setembro. Com inicío em 2017.

 

A QUEM SE DESTINA?

Técnicos da área social

 

PERIODICIDADE

Todo o ano.

 

QUE RESULTADOS ESPERAM SER ATINGIDOS?

Dotar as equipas da área social do concelho acerca do novo estatuto do cuidador informal - Lei n.º100/2019 de 6 de setembro.

 

QUAIS AS PARCERIAS?

Câmara Municipal de Penafiel, Centro Distrital da Segurança Social do Porto e ACES Tâmega II Vale do Sousa Sul.

 

QUAIS OS CONTACTOS DE REFERÊNCIA?

Câmara Municipal de Penafiel

T: 255 710 700

S: https://www.cm-penafiel.pt/penafiel-comemora-o-dia-do-cuidador-informal/

VER MAIS
64
MUNICÍPIOS
SAUDÁVEIS
.
Alfândega da Fé
.
Almada
.
Almodôvar
.
Alvito
.
Amadora
.
Amares
.
Avis
.
Azambuja
.
Barrancos
.
Barreiro
.
Beja
.
Braga
.
Bragança
.
Castro Marim
.
Chamusca
.
Coimbra
.
Cuba
.
Figueira da Foz
.
Golegã
.
Gondomar
.
Grândola
.
Guarda
.
Lagoa (Açores)
.
Lagoa (Algarve)
.
Lisboa
.
Loulé
.
Loures
.
Lourinhã
.
Lousã
.
Maia
.
Matosinhos
.
Miranda do Corvo
.
Monchique
.
Monção
.
Montijo
.
Odemira
.
Odivelas
.
Oeiras
.
Palmela
.
Penafiel
.
Pombal
.
Ponta Delgada
.
Portimão
.
Porto
.
Porto Santo
.
Póvoa de Lanhoso
.
Ribeira Grande
.
Santo Tirso
.
São Roque do Pico
.
Seixal
.
Serpa
.
Sesimbra
.
Setúbal
.
Soure
.
Tavira
.
Tábua
.
Torres Vedras
.
Valongo
.
Viana do Alentejo
.
Viana do Castelo
.
Vidigueira
.
Vila Franca de Xira
.
Vila Nova de Famalicão
.
Vila Real
 Um município saudável é 
 inclusivo, sensível e para 
 todos os cidadãos 
A Rede Portuguesa de Municípios Saudáveis é uma associação que tem como missão apoiar a divulgação, implementação e desenvolvimento do projeto Cidades Saudáveis nos municípios que pretendam assumir a promoção da saúde como uma prioridade da agenda dos decisores políticos.


^
v
PROJETOS

Portugal sem Diabetes

 

O QUE É?

O Projeto “Portugal sem Diabetes” consiste num projeto de intervenção na Diabetes no âmbito da prevenção primária. Consiste numa resposta a um dos desafios da Fundação Calouste Gulbenkian. Pretende ser um instrumento de divulgação de estratégias de intervenção nas populações de risco com vista ao diagnóstico precoce e à prevenção da Diabetes pela promoção da alteração dos estilos de vida.

 

O QUE FAZ?

Reduzir o número de pessoas que desenvolvem Diabetes, através de planos estratégicos de intervenção para promoção da saúde e redução de doenças como a Diabetes. Numa fase inicial do projeto, estabelecer os indicadores para avaliação da intervenção; elencar estratégias para produzir mudanças nos estilos de vida. E posteriormente, definir atividades integradas de prevenção da Diabetes na Comunidade e identificar os parceiros intervenientes.

 

A QUEM SE DESTINA?

A toda a população do Concelho, mas sobretudo à população ativa e mais de 45 anos.

 

QUE RESULTADOS FORAM ATINGIDOS?

O resultado atingido neste projeto foi o levantamento do numero de munícipes que apresentam um risco elevado de desenvolver Diabetes Tipo 2 nos próximos 10 anos (aplicação da ficha de avaliação do risco da Diabetes Tipo 2).

 

QUAIS AS PARECERIAS?

Associação Protetora de Diabéticos de Portugal, Unidade de Cuidados na Comunidade da Chamusca/Golegã.

 

QUAIS OS CONTACTOS DE REFERÊNCIA?

Câmara Municipal da Golegã
Divisão de Intervenção Social  

T: 249 979 000
E: elsa.lourenco@cm-golega.pt

Associação Protetora de Diabéticos de Portugal

T: 21 381 6100
E: diabetes@apdp.pt

Unidade de Cuidados na Comunidade da Chamusca/Golegã

T: 249 769 176/3 ou 965 804 653
E: ucc.chamusca.coord@arslvt.min-saude.pt